Espetáculo reúne pela primeira vez no palco as atrizes Andréa Beltrão, Malu Galli e Mariana Lima
Três amigas atrizes são surpreendidas pela morte precoce de uma quarta amiga, também atriz. Em um único dia, entre a notícia dessa morte inesperada e as últimas homenagens feitas no enterro, as três reagem de diferentes maneiras à dor da perda. Este é o fio condutor de “Nômades”, uma das atrações da Mostra do 24.º Festival de Teatro de Curitiba.
A direção é de Marcio Abreu, conhecido por seu trabalho à frente da Companhia Brasileira de Teatro, de Curitiba (PR), que divide a dramaturgia com Patrick Pessoa, com colaboração das atrizes Andréa Beltrão, Malu Galli e Mariana Lima e de Newton Moreno. “A peça é sobre o que a gente faz da nossa vida com o tempo que nos resta”, sintetiza o diretor.
Em cena, as três atrizes vivem de forma condensada todas as fases do luto: a indignação com a finitude da vida, as autoacusações, a tristeza, a saudade, todas as lembranças compartilhadas e, finalmente, a simples consciência de que somos mortais. “A partir dessa consciência, normalmente encoberta pelos múltiplos afazeres cotidianos, brota o sentimento de urgência que perpassa todos os acontecimentos da peça”, explica Abreu,
A questão da imagem pública de cada uma das atrizes, tanto no mundo da peça quanto fora dela, é outro dos pilares do espetáculo. Sobre dirigir uma trinca de atrizes como esta, o diretor é enfático. "As três são artistas do teatro. Têm, cada uma a sua maneira, uma história de pensamento, criação e resistência. São atrizes entregues ao trabalho. Disponíveis. Sabem vivenciar um processo criativo e têm a consciência de que criar algo que antes não existia implica em risco, um dos belos e indesviáveis aspectos dessa arte", afirma.
O espetáculo faz parte da Mostra do 24º Festival de Teatro de Curitiba, que será realizado de 24 de março a 5 de abril e, neste ano, é apresentado pelo Banco Itaú e Tradener, com patrocínio da Renault do Brasil, Petrobras, Copel, Fundação Cultural de Curitiba/Prefeitura de Curitiba e UEG Araucária e apoio da Itaipu Binacional.
Ficha técnica: Uma peça de Marcio Abreu e Patrick Pessoa com colaboração de Andréa Beltrão, Malu Galli, Mariana Lima e Newton Moreno / Com Andréa Beltrão, Malu Galli e Mariana Lima / Direção: Marcio Abreu / Direção de movimento: Marcia Rubin / Cenário: Fernando Marés e Marcio Abreu / Iluminação: Nadja Naira / Figurinos: Cao Albuquerque e Natália Durán / Música: Felipe Storino / 80 min / (PR e RJ)