Ela é uma mulher imensa. Grandiosa na arte, na poesia, na interpretação, na sedução. Fez a plateia toda se render aos seus encantos. Divina estrela.

Fez um show memorável ontem no teatro Guaíra em Curitiba. Interpretando canções de grandes mestres da música. Simone entrou no palco vestida num conjunto branco brilhante.As luzes refletidas em sua roupa completavam de forma harmônica e suave o brilho da estrela. Logo no início o pedido para desligar as câmeras. Só podíamos filmar algumas partes do espetáculo.

O segredo está no conjunto da obra. A estrela convidou a todos para uma viagem pessoal nas composições que escolhera para o grande show. 

Todos acataram o convite e via-se, a cada fileira, olhinhos emocionados do enfim encontro de alma.

A viagem dentro de si embalado pela voz da grande estrela foi muito bem conduzida.

O público não resistiu e no meio do show teve que levantar para aplaudir de pé e todos sem folego, certamente. A cada nova canção muitos gritos de "eu te amo" "maravilhosa". 

Quem nunca tinha assistido um show dela se surpreendeu com o imenso carisma e conexão com a plateia. Via-se uma mulher extremamente elegante, de um porte de uma rainha, mas uma rainha tão próxima e ligada ao povo, que seduzia a cada gracejo e movimento pelo palco, o que,diga-se de passagem ela dominava por completo. 

A forma de apresentar seus músicos também encantou. Valorizando a performance de cada um. Simone é dessas artistas temperadas com dendê como bem ilustrou a ganhadora da promoção do jornal Folha Condomínios a pedagoga Roseane. 

Um brinde a nossa estrela. E felizes os que puderam compartilhar desta magia ontem à noite. Muitas pessoas vindas de outra cidades, muitos sotaques nos corredores do Guaíra que se misturaram durante o show num coro único sob a divina condução da maestrina Simone. 

E agora é esperar um novo encontro, ansiosos, é claro. 

texto: Eli Antonelli