Artigo 01/2013
Decio Gomes – Coach de Vida, Executivo e Desportivo

imagem fonte www.proffernandoportes.com.br 

Um COACH, seja ele pessoal ou profissional, tem a função de ser um grande incentivador. Ele é a pessoa que apoiará o cliente a atingir seus objetivos e aumentar seu desempenho, numa atuação que lembra muito a de um treinador de uma equipe esportiva. Inclusive, a própria palavra “coach”, em inglês, significa “treinador” ou “técnico”.
Apesar de ambos possuírem um objetivo em comum, que é melhorar o desempenho de seus clientes as ferramentas utilizadas por estes profissionais são bem diferentes. O treinador esportivo limita-se ao incentivo de seus atletas, usando seu conhecimento empírico acumulado ao longo de sua vivência no mundo dos esportes. Já o Coach profissional usa uma metodologia e técnicas diferenciadas e desenvolvidas ao longo de anos através de estudos científicos nas áreas da psicologia, neuro-ciência, programação neurolinguística e outras relacionadas ao ser humano.
É bem verdade que o treinador esportivo pode, por meio de seu comando e estímulo, levar seus atletas a grandes conquistas. Um técnico pode em sua “conversa de vestiário” ser decisivo para que a equipe recupere a autoestima perdida ao longo de maus resultados em alguma competição.
Mas não são todos os treinadores que têm essa grande capacidade de unir o conhecimento técnico do esporte e a capacidade de levar os atletas a atuar no limite de suas capacidades. Por esse motivo, cresce cada vez mais o número de agremiações esportivas que contratam Coaches Esportivos.
É o caso de clubes de futebol como Fluminense do Rio de Janeiro, e Náutico de Pernambuco. Em 2009, a equipe carioca se via na iminência de um rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro e recorreu a um Coach que juntamente com o técnico do time, conseguiu os bons resultados necessários. Já em 2010, o clube Náutico, contratou outro profissional de Coaching e passou a obter importantes resultados para permanecer na série B do campeonato brasileiro. Em 10 dias de trabalho conjunto, foram duas vitórias e um empate.
Mas os Coaches Esportivos não precisam ser procurados apenas por equipes que estão “com a corda no pescoço” e sequer somente por equipes, podendo este atuar individualmente com atletas das mais diferentes modalidades, pois o foco deste processo é a obtenção de alto rendimento e performance com a conquista de resultados.
No mundo dos esportes em geral, há uma grande pressão por resultados, interna e externa. Entre as funções do COACH está de atuar no decorrer da carreira dos atletas, assessorando-os a alcançar o equilíbrio emocional necessário para reagir às adversidades, levando-os a uma vida profissional bem sucedida.

(*) Bacharel em Teologia e Pós Graduado em MBA Gestão Estratégica de Pessoas. Ex-jogador de Basquete Profissional - durante 15 anos atuou nos principais clubes brasileiros, incluindo Seleção Brasileira de Basquete, em suas categorias de base. É consultor comercial na Tekoare e Professional Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching na Carter Coaching. Desenvolve, com sucesso, diversos trabalhos em vendas e consultoria e, também, coaching com foco Esportivo, Executivo e De Vida. Atualmente desenvolve palestras na área esportiva e empresarial, criando programas de Coaching e desenvolvimento de líderes. Possui certificação através da Sociedade LatinoAmericana de Coaching pela ICI (International Coaching Institute) em Life Coaching. Analista em Assessment DISC.
Para palestras entre em contato : imprensaeliantonelli@globo.com