A Biblioteca Pública do Estado do Paraná realizou com apoio da RPC uma oficina de mediação de leitura com quatro módulos. No terceiro encontro foi a vez da professora Marta Morais da Costa realizar a capacitação “Semear livros, colher leitores”. Durante o encontro, Marta incentivou todos os participares a relembrarem e compartilharem experiências de leitura ainda na infância. Aos poucos foi claro que um leitor nasce, muitos vezes, e talvez, na maioria das vezes por meio de motivação de alguém. Para muitos, os pais, os irmãos mais velhos, algum amigo especial e é claro o professor, a professora.

Mas, afinal, nós que amamos a leitura, seja ela de ficção, literatura, técnica, autoajuda, será que estamos cientes de nosso papel, enquanto inspirador para novos leitores?
Movidos por essa curiosidade a equipe do Café com leituras, resolveu questionar  e saber um pouco mais sobre isso.

Aproveitamos este momento do natal, para refletir, quantos dos presentes que compramos são livros. E de que forma que nós leitores, apaixonados pelas letras incentivamos as pessoas à nossa volta a criar o hábito de ler.

Resposta a enquete abaixo e repasse para seus amigos. 



Durante a oficina da professora Marta, foram muitas histórias emocionantes e muitas também, contando de que forma criou-se um obstaculo para a leitura. Muitas pessoas lembraram da coleção vaga-lume, você recorda? Outros falaram que a leitura começou com obras de Monteiro Lobato.