Eli Antonelli 

A festa foi ontem 16 de outubro na UFPR, durante a realização do III DIA D EDUCAÇÃO, um dos mais importantes eventos da Universidade para os professores. 

Na ocasião, o reitor da UFPR, professor Zaki Akel Sobrinho e coordenador do Fórum Estadual de Educação esteve presente participando de uma mesa redonda que fechou o evento "O Novo Plano Nacional de Educação: Desafios e Perspectivas para a Escola e a Universidade", com a presença dos seguintes professores neste debate final do evento: Prof. Angelo Ricardo de Souza – Professor e Pesquisador do NUPE-UFPR,   Prof. Francisco das Chagas Fernandes – Secretário Adjunto Executivo do MEC e Coordenador do Fórum Nacional de Educação, Prof. Paulo Vinicius Baptista da Silva – Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação – UFPR e   Prof. Andrea do Rocio Caldas – Mediadora – Diretora do Setor de Educação – UFPR.


O reitor juntamente com professores e alunos da UFPR, acompanharam no início da mesa, a apresentação dos autores o doutorando da UFPR José Antonio Marçal que lançou pela editora Nandyala a obra fruto do seu trabalho de dissertação de mestrado".A formação de intelectuais negros (as): políticas de ação afirmativa nas universidades brasileiras" e o doutorando da UFPR, diretor de Colégio Estadual Manuel Ribas, 
Sérgio Luis Nascimento que lançou "Relações Raciais e Ensino Religioso no Brasil", também pela mesma editora. 

Para o Secretário Adjunto Executivo do MEC Chagas  discutir o plano nacional da educação, significa discutir um planejamento da educação brasileira para o Estado para que os governos, da  união dos Estados e municípios  possam fazer ações para desenvolver o planejamento que está proposto.

O Secretario destaca que  o plano tem vinte 20 metas, várias estratégias para cada meta  e com muita propriedade colocam a questão da diversidade, colocam a questão dos afrodescedentes  "Isso é muito significativo para novo planejamento para os  próximos 10  anos da educação  nacional. Achei bem interessante o lançamento dos livros para a questão racial, porque a CONAI 2010 PARA EDUCAÇÃO teve um eixo dedicado exatamente à diversidade,foi um dos temas mais discutidos na Conferência e nós agora, vamos ter uma nova conferência, então quanto mais  conteúdos tivermos sobre essa questão da diversidade , da questão racial melhor, porque ajuda a formular, acho que um livro que é fruto de dissertação de mestrado é muita importante", diz. 


Confira abaixo imagens do encontro. Você pode solicitar palestras para sua escola e seu município com os autores. Conforme destacado pelos autores o objetivo é que as obras despertam mais debates sobre os assuntos pautados.
Entre em contato com a Nandyala Paraná/Brasis Comunicação contato@brasiscomunicacao.com.br