Naoli Vinaver fala da sua experiência em trazer ao mundo bebês na residência de suas mães

Começou hoje (15) e vai até o próximo dia 17, o curso com a parteira mexicana Naoli Vinaver, uma das mais importantes especialistas na técnica de parto domiciliar. Para alguns, pode soar distante a ideia de ter um filho em casa, num mundo em que o tempo é fator imprescindível para a vida humana do homem e da mulher moderna. Porém, existem muitas pessoas que desejam se reconectar com a essência da vida e trazer ao mundo bebês de forma mais natural e saudável possível.

Naoli Vinaver aprendeu sua técnica com as parteiras mais tradicionais do México, se especializou na Casa de Partos Maternidad La Luz, de El Pas, Tx, EUA. E é COM Parteira Profissional Certificada pela NARM, North American Registry of Midwives.
Os participantes, casais grávidos, homens e mulheres tiveram a experiência de aproximar um pouco mais com a técnica e buscaram refletir sobre temas como: Por que nascer é natural? Como podemos aprender com a natureza para apoiar o nascer? Quem faz o pré-natal? Qual é a melhor maneira de nascer? O que fazer com a placenta? Mitos e realidades do parir e do nascer?

Durante o primeiro dia, os participantes fizeram dinâmicas de reflexão, entre elas foram desafiados a produzir um material que mostrasse como foi o seu nascimento. E a partir daquela arte que levou cada um dentro de sua história, foi levantando situações de como a forma de nascer influencia no comportamento do individuo ao longo dos anos.

E um destaque foi visível durante o curso, entre os bebês no colo de suas mamães, estava uma linda menina que nasceu na virada do ano novo, filha da terapeuta holística Gessica Schoenemayer que está fazendo o curso, pois pretende futuramente ajudar mães a trazer ao mundo bebês como sua filha, em casa. 


Houve momentos ainda, para mostrar os vídeos de casais tendo seus bebês e da magia e da cumplicidade da família no ato de parir.

Amanhã é o segundo dia do curso, mas, você ainda pode participar escreva para contato@anaueteino.com.br ou ligue para 41 3233-6409.

Marcha do Parto.
Os participantes do curso, integrantes do Instituto Anauê-teiño e a a parteira Naoli Vinaver, também participaram da Marcha do Parto em Curitiba. O encontro acontece às 11h na rua XV de Novembro. Os participantes estarão presentes a partir das 12h, devido os horários do curso.
A Marcha ocorrerá em mais de 15 cidades, levantando questões como o direito da mulher escolher onde terá seu bebê, o custo abusivo de cirurgias de cesarianas. A manifestação se deve também pelo fato do médico Jorge Khun, que se manifestou favorável ao direito da mulher dar a luz em casa, estar correndo risco de punição por parte de órgãos de regulamentação. 

O estudo mais recente publicado no British Journal of Obstetrics and Gynecology (2009) analisou a morbimortalidade perinatal em uma impressionante coorte de 529.688 partos domiciliares ou hospitalares planejados em gestantes de baixo-risco: Perinatal mortality and morbidity in a nationwide cohort of 529,688 low-risk planned home and hospital births [http://www3.interscience.wiley.com/journal/122323202/abstract?CRETRY=1&SRETRY=0  ]. 

Nesse estudo, mais de 300.000 mulheres planejaram dar à luz em casa enquanto pouco mais de 160.000 tinham a intenção de dar à luz em hospital. Não houve diferenças significativas entre partos domiciliares e hospitalares planejados em relação ao risco de morte intraparto (0,69% VS. 1,37%), morte neonatal precoce (0,78% vs. 1,27% e admissão em unidade de cuidados intensivos (0,86% VS. 1,16%). O estudo concluiu que um parto domiciliar planejado não aumenta os riscos de mortalidade perinatal e morbidade perinatal grave entre mulheres de baixo-risco, desde que o sistema de saúde facilite esta opção através da disponibilidade de parteiras treinadas e um bom sistema de referência e transporte.

Participe da Marcha do Parto, venha fazer parte desta discussão e conhecer mais detalhes sobre a técnica. 




CURSO NAOLI VINAVER 15 a 17 de junho 
Instituto Anauê-teiño
Rua Conselheiro Laurindo, 809 


Marcha do Parto
Em Curitiba - Rua XV de Novembro - 11h - sábado  -16 de junho