Direito Imobiliário e Condominial é tema da palestra de abertura da I Feira de Fornecedores para Habitação & Condomínios – Habitacon de Curitiba.

fonte: Brasis Comunicação/Eli Antonelli
De 30 de novembro a 03 de dezembro ocorre a I Feira de Fornecedores para Habitação & Condomínios – Habitacon de Curitiba. A Feira já teve outras edições  em diversas cidades do Brasil. Neste ano, o evento ocorre em Curitiba e conta com a palestra de abertura do advogado especialista em direito imobiliário e condominial Dr. Marcio Rachkorski.

A palestra abordara uma análise do boom imobiliário vivido no país inteiro, sobre os novos desafios da administração de condomínios, sobre as complexas responsabilidades legais suportadas pelos síndicos, sobre um modelo de gestão segura.
 Abordara questões polêmicas da vida em condomínio, desde temas clássicos, como inadimplência, barulho, vazamentos, até temas mais novos, como home Office, assembleia virtual, protesto, individualização de água, dentre outros temas. Abordara ainda as oportunidades de trabalho advindas com a expansão do mercado de síndicos profissionais. “ Atualmente, além dos temas clássicos,  os condomínios sofrem com os litígios causados pela  intolerância ! Um tema moderno e que merece bastante atenção é o comportamento antissocial, algo que vou explorar bastante na palestra. Evitar litígio é sempre o comportamento ideal e o síndico funciona como verdadeiro pacificador social. Eleger o diálogo como ferramenta para dirimir conflitos é a saída mais inteligente e menos onerosa para manutenção do convívio harmonioso”, explica Dr. Marcio.
Dr. Condomínio como é chamado apresenta o programa “Meu condomínio tem solução” no SPTV – Rede Globo é comentarista da radio CBN no programa “condomínio legal”. É membro efetivo da equipe “Chame o Síndico” do programa Fantástico – Rede Globo. Além disso, é consultor jurídico do programa “O Conciliador” do Fantástico, presidente da Associação dos Síndicos do Estado de São Paulo – Assosíndicos. Membro da Comissão de Direito Urbanístico da OAB –SP. Escreve como articulista para o portal Sindiconet, é autor do áudio book “Tudo que você precisa ouvir sobre condomínios” e titular do escritório Rachkorsky Advogados Associados.
A palestra tem como tema “Temas Jurídicos Polêmicos e Atuais da Vida em Condomínio”. A palestra ocorrerá no dia 30/11 às 19h no Expounimed Curitiba e a entrada é gratuita.
Em entrevista ao portal Exame.com dr. Marcio exemplifica alguns dos principais problemas que ocorrem em condomínio, dando dicas de como solucioná-los. Um dos campeões dos problemas ainda é o calote. O advogado afirma que com a entrada do código civil de 2003 perdeu-se um instrumento fundamental no combate à inadimplência. Antes havia uma multa de 20% para quem não pagasse o condomínio. A taxa passou para 2%. Em resposta ao portal Dr. Marcio afirma que isso criou uma categoria de inadimplentes volantes, que atrasam alguns meses,  mas não sempre. Ainda existe a possibilidade de protestar a dívida em cartório. Se não pagar em dia terá o nome nas listas do SPC e SERASA.
Outra situação recorrente de conflito são as crianças do condomínio. Para Dr. Marcio é imprescindível a existência de áreas de lazer. Caso não haja espaço disponível é necessário usar a criatividade. Ele afirma que salas ociosas podem ser transformadas em brinquedotecas e ou instalar equipamentos para projeção de filmes. Outra dica interessante é estabelecer um síndico mirim com responsabilidade de fiscalizar os amigos.
O evento busca além de trazer empresas fornecedoras da área de habitação e condomínios aproximar profissionais, fornecedores e consumidores também capacitar os síndicos no exercício da  sua atividade. A escolha do Dr. Marcio se deu pela ampla experiência na área. A feira está sendo organizada pela empresa Monte Bello Eventos.
SERVIÇO:
HABITACON – Feira de Fornecedores para Habitação e Condomínios
Data: 30/11 a 03/12/2011
Local: Expo Unimed Curitiba
Promoção e Realização: Montebello Eventos
Eli Antonelli jornalista 41 9804-1639

CONTATO DR. MARCIO: 11 2597-0495 / 11 7722-7735
Segundo Márcio Rachkorski, os moradores do conjunto habitacional construído sobre o lixão devem eleger uma comissão oficial para representá-los e acompanhar as reuniões com o MP, com a Cetesb e prefeitura.